Arquivo mensal: agosto 2013

La Churreria: Uma casa só de churros

Na onda de docerias super especializadas, São Paulo ganhou recentemente um cantinho inusitado: uma churreria. Mas nada daqueles churros encharcados de óleo meio velho com doce de leite de qualidade duvidosa; aqui os doces são bem mais caprichados.

O espaço começou a funcionar no final de junho e cerca de um mês depois consegui ir lá provar.

O cardápio exposto na parede atrás do caixa traz só duas opções: churros à moda espanhola, finos e longos e sem recheio, ou então recheados com doce de leite, como são mais populares por aqui. Optei pelo original e pedi, para acompanhar, o dip de chocolate. Tudo saiu por R$ 9,50.

Churros espanhóis com dip de chocolate da La Churreria | Foto: Divulgação

Churros espanhóis com dip de chocolate da La Churreria | Foto: Divulgação

Os churros foram fritos na hora e vieram ainda quentes, em porção de quatro. São sequinhos, crocantes por fora e macios por dentro. A calda é de chocolate meio amargo, para não ficar tudo doce demais, e vem em uma quantidade bastante generosa, não é preciso economizar!

Ao invés do dip, dá para pedir um chocolate quente para mergulhar os churros e depois beber o que sobrar.

A vontade era provar também o recheado, que vem com doce de leite mineiro, mas não consegui encarar. Os quatro espanhóis foram mais do que suficiente para me deixar bem satisfeita, tive que deixar para a próxima.

O espaço é pequeno, só um corredor com um balcão em cada parede, mas é charmoso e o atendimento é bem simpático. Fosse mais perto, estaria sempre lá.

La Churreria: Av. São Gabriel, 549, Itaim, SP TEL: (11) 2619-2054
Site Oficial
Anúncios

Montevidéu – Medialunas Calentitas

Em Montevidéu, as medialunas são obrigatórias. Comuns, cotidianas, facílimas de encontrar em qualquer canto. Para eles, uma presença ordinária nas mesas e vitrines. Para nós, turistas, uma pequena alegria.

Versões platinas do croissant, as medialunas podem ter tamanhos diversos, ser mais ou menos folhadas, ter recheio ou não, não existe regra. Muitas dessas variações podem ser encontradas num mesmo lugar: Medialunas Calentitas.

Lá as estrelas são as medialunas pequenas cobertas apenas com uma fina casquinha de açúcar (20 pesos uruguaios). Mas resolvemos abusar e pedimos as grandes recheadas de doce de leite (45 pesos uruguaios). O recheio é farto, fica até difícil comer sem fazer sujeira, e o sabor marcante do doce de leite uruguaio fica uma delícia com a sutileza da massa.

Imagem

Medialuna com recheio de doce de leite da Medialunas Calentitas, em Montevidéu

 

Além de medialunas, o cardápio tem também opções salgadas. Provamos empanadas e um sanduíche de miga e ambos estavam apenas ok. Melhor ficar só nos doces mesmo.

A pequena rede possui dois endereços em Montevidéu e mais quatro em outras cidades – um deles em Punta del Este. Por força das circunstâncias, conheci os dois da capital. Na rua 26 de Marzo, 1161, fica em um sobrado com uma decoração simples, mas bonitinho. Já na 21 de Setiembre, 2982, o espaço é escuro, mal cuidado e até um pouco sujo, não convida a passar muito tempo. Mas uma parada rapidinha para a sobremesa vale a pena.

Medialunas Calentitas: Site oficial