Arquivo mensal: agosto 2014

Pazzo: picolés aveludados com inspiração italiana

A marca de picolés Pazzo foi lançada no final de 2013, mas, naquele verão marcado por uma invasão de sorveterias artesanais a São Paulo, essa versão no palito passou despercebida. Agora que as temperaturas começaram a subir novamente e as paletas mexicanas chegaram com tudo, atraindo novamente as atenções para esse formato, é hora de olhar melhor para essas delícias geladas.

Sorvete Pazzo sabor chocolate belga

Sorvete Pazzo sabor chocolate belga

Os picolés Pazzo se apresentam como gelato premium e tentam reproduzir nesse formato o sabor e a textura dos sorvetes italianos. O creme de leite dá bastante cremosidade e o resultado fica bem acima da média dos picolés tradicionais que temos por aqui.

Provei três sabores – baunilha, chocolate belga e alfajor, com recheio de doce de leite e casquinha de chocolate amargo – e todos estavam muito saborosos e aveludados. O de chocolate tem sabor mais forte e é o mais consistente, enquanto os outros dois, ambos cobertos por uma casquinha firme de bom chocolate, eram bastante cremosos, derretendo rapidamente na boca.

Sorvetes Pazzo sabor baunhilha, alfajor, limão e chocolate belga

Sorvetes Pazzo sabor baunhilha, alfajor, limão e chocolate belga

Há mais alguns sabores, como pistache, gianduia, morango e sorbets (à base de água) de limão e frutas vermelhas. No mercado onde comprei, os preços variaram de R$ 4,65 (de limão) a R$ 6,89 (baunilha e alfajor). Uma ótima relação custo-benefício.

As geladeiras Pazzo estão espalhadas por São Paulo em mercados e restaurantes de diversos bairros. Os pontos de venda estão listados no site oficial.

Anúncios

Bolo de brigadeiro tamanho família

O preço é salgado e o tamanho é um despropósito, mas eu resolvi que tinha que provar. Já faz algum tempo que tenho visto a brigaderia Le Chef Gatô ser recomendada aqui e ali, sempre com uma menção honrosa a esse grande desafio ao apetite e ao bom senso – o seu grande bolo de chocolate com cobertura e recheio de brigadeiro – e fui ficando curiosa. Então, em um dia ruim de uma semana péssima, resolvi que era hora. Entrei com coragem e pedi.

le chef gato - bolo de brigadeiro2

É um bolo de chocolate básico recheado com uma grossa camada de brigadeiro tradicional mais uma generosa cobertura do mesmo brigadeiro e, para finalizar, singelos granulados de chocolate. Cada pedaço tem cerca de 250 gramas. E, para mim, isso representa uma refeição completa.

A primeira impressão não foi das melhores. Por ficar já cortado na vitrine, o bolo estava um pouco seco nas bordas, mas, passando pelo exterior ressecado, a coisa começa a valer e pena. O brigadeiro é cremoso e saboroso e o bolo vai ficando mais molhadinho a cada garfada em direção ao miolo. Parece ser de propósito para você não conseguir parar de comer por mais satisfeito que esteja.

O pedaço custa R$ 27. Bem caro, sem dúvida, mas serve muito bem duas pessoas loucas por doce. Conselho: deixe para ir no dia em que der aquela vontade enorme de algo muito doce, com bastante chocolate, e leve um amigo junto. Se sobrar, é possível pedir para embrulhar para viagem o que restou no prato.

Brigadeiro tradicional da brigaderia Le Chef Gatô

Brigadeiro tradicional da brigaderia Le Chef Gatô

Além dele, o Le Chef Gatô oferece outros bolos com recheios como coco, brigadeiro com morango e brigadeiro de pistache, todos no mesmo tamanho desafiador e com preços na mesma faixa.

Os brigadeiros – esses no tamanho usual – custam R$ 3,50. São uma pedida mais adequada para dias comuns.

Le Chef Gatô
Loja Paraíso: R. Coronel Oscar Porto, 517. Tel.: 3881-6101
Mais três endereços
www.lechefgato.com.br