Arquivo mensal: novembro 2014

Três croissants de São Paulo para se sentir em Paris

Não é fácil – nem barato – encontrar bons croissants em São Paulo. É como se, acanhada diante da dificuldade de fazer um folhado correto, a cidade tivesse, com o tempo, se conformado com as aberrações massudas de padaria que alguém um dia ousou chamar de croissant. Mas com determinação (e uns trocados a mais) é possível achar bons exemplos dessa grande instituição francesa. Três deles podem ser provados na região dos Jardins.

Pain au chocolat da padaria Santo Pão

Pain au chocolat da padaria Santo Pão

Um bom pain au chocolat (massa de croissant dobrada em formato retangular com um filete de chocolate no meio) pode ser provado na Santo Pão. Na charmosa padaria chique, localizada na esquina da Padre João Manuel com a Oscar Freire, há pães variados, doces, salgados e até pratos completos. Fui até lá em uma tarde bonita de domingo e pedi, entre outras coisas, o pain au chocolat (R$ 7) com um bom suco detox (irônico, eu sei). A massa folhada é bastante amanteigada porém leve, a casquinha dourada estala ao ser cortada e faz uma sujeira danada na mesa, o que acrescenta à experiência uma diversão a mais. O recheio é comedido, mas de bom chocolate amargo.

Croissant de amêndoas da padaria 7 Molinos

Croissant de amêndoas da padaria 7 Molinos

Em outro canto do bairro, na alameda Lorena próximo à rua da Consolação, está a 7 Molinos com a mesma proposta de fazer bons pães e servir um cardápio de sanduíches e pratos para todas as horas. Na vitrine tentadora, entre outras delícias, o croissant de amêndoas brilha (R$ 8,20). Com um creme de amêndoas rico e açucarado, amêndoas torradas por cima e uma massa um pouco mais pesada, acompanha bem um café.

Já para quem prefere o croissant simples, sem recheio, o destino certo é o tradicional Le Vin. A boulangerie fica na alameda Tietê próximo à rua Augusta, em frente ao restaurante do grupo. Da cozinha aparente saem pães e doces franceses que encantam os olhos. Na parede, cestos abrigam croissants daqueles que produzem a sensação de que Paris está logo ali, dobrando a esquina. Eles são vendidos em dois tamanhos (R$ 4,80 o grande), peça obedecendo ao tamanho da sua vontade no dia e leve para casa. Mas leve um a mais para o dia seguinte, com certeza vai dar vontade de repetir.

Santo Pão
Rua Padre João Manuel, 968.Tel.: 2309 5594
www.santopao.com.br
 
7 Molinos
Alameda Lorena, 1914. Tel.: 3063 4433
www.7molinos.com.br
 
Le Vin Boulangerie
Alameda Tietê, 179. Tel.: 3063-1094
www.levin.com.br
Anúncios

Cocada de forno

Cocada de forno com sorvete de limão (Foto: Alexandre Schneider/Divulgação)

Cocada de forno com sorvete de limão (Foto: Alexandre Schneider/Divulgação)

Receita da chef Ana Luiza Trajano, do restaurante Brasil a Gosto.

Ingredientes:

  • 800g de açúcar
  • 300g de coco em flocos
  • 70g de manteiga sem sal e mais um pouco para untar
  • 340g de gemas (cerca de 17 unidades)
  • 120g de farinha de trigo
  • 600ml de leite
  • Sorvete de limão

Modo de preparo:
Em uma panela, coloque o açúcar e 400ml de água. Cozinhe sem mexer até obter uma calda em ponto de fio fraco (que adere levemente à colher e forma um fio tênue quando é levantada). Com a panela ainda no fogo, junte o coco e a manteiga. Enquanto isso, peneire as gemas e bata na batedeira até dobrarem de volume. Adicione a farinha de trigo e misture. Acrescente a mistura de coco e o leite às gemas batidas. Reserve na geladeira por, pelo menos, 3 horas.

Para assar a cocada, coloque em uma travessa untada com manteiga e leve ao forno a 180ºC, em banho-maria, por 30 a 40 minutos, até ficar cremosa, sem ressecar. Antes de servir, gratine no grill do forno ou com um maçarico. Sirva com sorvete de limão.

Rendimento: 10 porções