Arquivo da categoria: Novidade

As sobremesas lúdicas do Clementina

Simples no nome, na decoração, no conceito e no cardápio, Clementina Forno & Fogão é o mais recente projeto de Carla Pernambuco e Carolina Brandão. O novo restaurante foi aberto em abril no lado menos badalado da Oscar Freire, em um pequeno imóvel que possui apenas 22 lugares concorridos. Estive por lá durante o último feriado prolongado e consegui, às 13h, uma das últimas mesas disponíveis para o almoço.

Sorvetão de leite em pó com doce de leite do Clementina Forno & Fogão

Sorvetão de leite em pó com doce de leite do Clementina Forno & Fogão

O Clementina nasceu para oferecer PFs de comida caseira com um leve toque de chef e outro de comida brasileira. Há no cardápio três pratos fixos e duas opções “do dia”, além de dois petiscos (as coxinhas de frango são deliciosas) e três sobremesas fixas. E foi por elas que eu passei por lá.

Logo na primeira semana de abertura a casa ganhou um hit do Instagram, o Sorvetão de leite em pó com doce-de-leite (R$ 15). De sabor bem suave, o sorvete é coberto por bastante leite em pó. No meio, uma camada de um centímetro de doce de leite. Combinação deliciosa, leve, bem doce, de comer e comer e comer e pedir mais.

Terrine de chocolate do restaurante Clementina

Terrine de chocolate do restaurante Clementina

Outra sobremesa impecável é a Terrine de chocolate (R$ 13). Cremosa como uma mousse bem firme e de sabor muito intenso de chocolate, remete, como querem as sócias, a sabores e lembranças da infância difíceis de nomear, mas que estão lá. As duas são sobremesas lúdicas e reconfortantes que valem, por si só, uma visita ao restaurante.

Faltou provar o Pudim cremoso de tapioca caramelado (R$ 12). Mas é sempre bom ter mais um motivo para voltar…

Clementina Forno & Fogão
Rua Oscar Freire, 1582. Tel.: 3062-1130
www.facebook.com/clementinafornoefogao

Anúncios

A Torteria: tortas doces em novo endereço

A Torteria é discreta. Seu primeiro espaço, bem pequeno, foi aberto em Higienópolis atrás de um posto de gasolina. Um balcão simples e grandes geladeiras guardando quiches e tortas doces e salgadas para levar e comer em casa. O site sempre foi minimalista e prático – apenas um cardápio com preços, telefone e endereço. E, por trás dessa discrição, o que aparecia era uma comida deliciosa e doces de lamber os dedos, com bons ingredientes e combinações só um tantinho além do trivial.

Torta de chocolate com caramelo e flor de sal da Torteria

Torta de chocolate com caramelo e flor de sal da Torteria

Depois de abrir sua segunda unidade no Morumbi no início de 2014, a Torteria acaba de chegar ao bairro de Pinheiros, em um imóvel localizado em frente a uma das saídas da nova estação de metro Fradique Coutinho. Lá é possível provar os produtos na hora em porções individuais – na mesa coletiva alta ou em uma das diversas mesas menores – ou levar para viagem as delícias em qualquer tamanho.

Durante o almoço, há um menu executivo com as ótimas tortas e quiches salgadas em tamanho individual (a torta de carne desfiada na cerveja preta com cebola caramelizada merece ser mencionada), mas o mais importante é conseguir chegar à sobremesa.

É difícil escolher um favorito. A torta de chocolate com caramelo e flor de sal (R$ 8) é tudo o que se espera. A massa é firme sem ser dura e cede facilmente ao garfo. Por cima dela, uma fina camada de caramelo está ali só para adoçar um pouco o chocolate, que é levemente amargo, e a flor de sal finaliza amarrando – ou, melhor dizendo, abraçando – todo mundo. No conjunto, é uma alegria só. Tristeza só quando acaba.

Torta de amêndoas, limão siciliano e geléia caseira de frutas vermelhas da Torteria

Torta de amêndoas, limão siciliano e geléia caseira de frutas vermelhas da Torteria

Também é sublime a torta de amêndoas, limão siciliano e geléia caseira de frutas vermelhas (R$ 9, individual). A massa fofa azedinha, a grossa camada de geleia e a cobertura de amêndoas crocante e doce deixam muita saudade. Como a torta, o brownie, de sabor bastante intenso, é outro bom tributo ao chocolate.

O ambiente é não possui grandes atrativos, mas a trilha-sonora muito boa chama a atenção e torna a experiência de comer por ali algo especial. Vai de “Cheek to Cheek” a punk rock, da trilha de “Grease” a Pixies. Para garantir que vai encontrar a torta que procura, a Torteria aceita encomendas.

A Torteria
Rua Fradique Coutinho, 39, Pinheiros. Tel.: 4306-6943 (para encomendas)
www.atorteria.com.br

Le Botteghe di Leonardo: bons sorvetes italianos

Mais uma sorveteria abriu em São Paulo no último mês. Mais uma prometendo sorvetes artesanais, com bons ingredientes. Mais uma na rua Oscar Freire. Andando apenas por essa mesma rua na tarde do último domingo, passei pela Ben & Jerry’s (lotada), uma Bacio di Latte (lotada) e pela Purogusto (apenas cheia), sem contar a inglesa Dri Dri um quarteirão acima. Para abrir mais uma sorveteria nessa região, é preciso ter muita confiança no produto. E a confiança se justifica.

Sorvetes de café, pistache e morango da sorveteria Le Botteghe di Leonardo

Sorvetes de café, pistache e morango da sorveteria Le Botteghe di Leonardo

Nascida na Itália em 2010, a gelateria Le Botteghe di Leonardo oferece sorvetes saborosos e cremosos com uma boa variedade de sabores disponíveis no dia, ainda que sem fugir muito do tradicional. Provei Cioccolato al latte, que vem doce sem exagero e com pedaços muito pequenos de chocolate, um Pistacchio bastante aveludado, Caffè e Fragola (morango), azedinho e bem refrescante. Há ainda opções como baunilha, coco, gianduia e mascarpone e entre as versões de frutas estão manga, papaia e kiwi com banana.

O sorvete da Le Botteghe di Leonardo, é, segundo a marca, “livre de gorduras vegetais, conservantes” e “qualquer aditivo ou emulsionante químico”. Visando ainda preservar a qualidade, os sorvetes não estão abertos aos olhos do cliente, ficando guardados nos “pozzettos”, recipientes metálicos fechados nos quais a temperatura é controlada. E começam a derreter logo depois de servidos. Os sabores são anunciados na parede atrás do caixa e em pequenas placas à frente dos pozzettos.

Sorveteria Le Botteghe di Leonardo: sabores exibidos na parede, sorvetes guardados em pozzettos

Sorveteria Le Botteghe di Leonardo: sabores exibidos na parede, sorvetes guardados em pozzettos

Meu copo grande com quatro sabores saiu R$ 14. O médio custa R$ 12, o pequeno, R$ 10 e há o tamanho mini por R$ 6. Na casquinha, os preços sãos os mesmos e a casa serve também picolés, biscoitos recheados com sorvete e bolos de sorvete por encomenda, além de bebidas quentes, como café (R$ 4,80), e geladas, como o Iced Cappuccino (R$ 13,10).

A marca possui lojas na Itália e na China e abriu as portas em São Paulo no final de fevereiro, quando o verão já se despedia. Mas sua mesa coletiva estava cheia nesse domingo nublado. Em frente, há outro espaço para sentar e aproveitar o sorvete sem pressa: estava estacionado ali um parklet, uma daquelas minipraças que ocupam uma vaga de carro e prolongam a calçada. Nesse dia, por conta da chuva, ele estava molhado e melancólico, mas em dias mais secos poderá ser uma ótima alternativa.

Le Botteghe di Leonardo
Rua Oscar Freire, 42, Jardins. Tel.: 2528-2000
www.lebotteghedileonardo.com.br

Conceição Discos: doces simples feitos com talento

Misto de loja de discos, café e restaurante, a Conceição Discos começa acertando: fugiu dos bairros superlotados de opções gastronômicas e se instalou na Vila Buarque, em uma rua próxima à estação Santa Cecília do metrô. Ali, em um espaço simples mas de bom gosto, com mobiliário parte rústico, parte com cara de casa de vó, serve poucos, mas ótimos doces.

Grande pedaço de brownie da Conceição Discos

Grande pedaço de brownie da Conceição Discos

Passei por lá em uma tarde de sábado. Diante do longo balcão, várias pessoas se acomodavam em banquetas, comendo e conversando com a dona da bola, a chef Talitha Barros. Não sobrava espaço por ali. Sentei então em uma das três mesas localizadas ao fundo da loja.

Não existe cardápio, as opções estão escritas na parede/lousa, com capricho. Sem pestanejar, pedi o pudim (R$ 8). O famoso pudim de leite de Talitha tem sido, nos últimos meses, um dos doces mais comentados e fotografados da cidade. O grande pedaço veio extremamente cremoso e saboroso, sem furinhos e com calda leve e em boa quantidade. Se provou merecedor dos elogios que tem recebido.

Pudim de leite da chef Talitha Barros, da Conceição Discos

Pudim de leite da chef Talitha Barros, da Conceição Discos

Melhor ainda estava o brownie de chocolate (R8). Denso, de sabor intenso e molhado por dentro, é também servido sem economia: o enorme pedaço serve facilmente duas pessoas.

Querendo ver por onde mais passava o talento da chef, perguntei pelo bolo do dia, mas dei azar: não tinha naquele dia. Encerrei, então, com a boa e não muito doce paçoca caseira (R$ 3). Tem consistência firme o suficiente para que se consiga pegar sem dramas, mas derrete na boca.

Paçoca caseria da loja Conceição Discos

Paçoca caseria da loja Conceição Discos

Para beber, há café coado (R$ 3) e cervejas importadas. Entre as opções salgadas há pratos no almoço e algumas opções de sanduíches e tortas para o meio da tarde, mas o hit é o pão de queijo recheado de pernil.

Os discos de vinil ficam logo à entrada e compõem a eclética trilha sonora do espaço. E torça para gostar do que está tocando, porque o serviço, apesar de simpático, é bastante lento. Vá sem pressa.

Conceição Discos
Rua Imaculada Conceição, 151, Vila Buarque. Tel.: 3477-4642
http://www.facebook.com/conceicaodiscos

The Little Coffee Shop: ótimo café em dois metros quadrados

O espaço é diminuto – cerca de dois metros quadrados atrás de um balcão -, mas é suficiente para dar vazão a muita criatividade. Trata-se da The Little Coffee Shop, uma micro cafeteria aberta em setembro pela economista Flavia Pogliani, que recebe com muita simpatia e serve deliciosos café e docinhos para acompanhar.

O espaço mínimo da The Little Coffee Shop

O espaço mínimo da The Little Coffee Shop

O mini negócio fica em uma esquina calma de Pinheiros e é fácil de achar: fica abaixo do grande grafite colorido de uma mulher servindo um café. Atrás do balcão, Flavia atende sozinha a clientela em movimentos calculados entre a máquina de café italiana, o caixa improvisado e a geladeira que guarda os perecíveis.

Flavia foi uma das criadoras do evento São Paulo Coffee Week e sabe escolher seus grãos. Seu ótimo café é torrado no Coffee Lab e o espresso sai pela bagatela de R$ 3. O macchiato fica por R$ 4 e o cappuccino, R$ 5.

Fudges da Ella Gastronomia  vendidos na The Little Coffee Shop

Fudges da Ella Gastronomia vendidos na The Little Coffee Shop

Os doces são terceirizados e ficam em segundo plano perto do café impecável. Há bolos simples, para comer na hora, e bolos gelados embrulhadinhos para o momento ou para viagem (esses, R$ 5,50 o pedaço). Em sabores como coco, abacaxi e morango, são feitos pela Casa Baunilha. Provei o gelado de abacaxi, simples mas regado com uma calda gostosa.

Outra opção são os fudges da Ella Gastronomia. Em combinações interessantes como chocolate amargo com pistache e chocolate branco com cranberry e macadâmia, desmancham na boca e acompanham bem o café quentinho.

Bolo gelado de abacaxi à venda na The Little Coffee Shop

Bolo gelado de abacaxi à venda na The Little Coffee Shop

The Little Coffee Shop
Rua Lisboa, 357, Pinheiros. Tel.: 2385-5430
http://instagram.com/thelittlecoffeeshop