Arquivo da tag: bolo formigueiro

Bamboleiras: um food truck de ótimos bolos

Desde o início do ano, a cidade de São Paulo mal teve tempo de processar as novas regras para comida de rua e se viu invadida por food trucks prontos para circular. A variedade é interessante: tem van de massas, sanduíches, fish and chips, crepes, temakis, acarajés e bebidas alcoólicas. E agora, para o café da manhã ou da tarde, tem food truck de bolo.

As Bamboleiras Ariane Guimarães e Claudia Daroncho em seu food truck (Divulgação)

As Bamboleiras Ariane Guimarães e Claudia Daroncho em seu food truck (Divulgação)

O Bamboleiras – Café, Bolos e Mimos foi para a rua há cerca de três meses. Seu principal produto são bolos individuais, dos clássicos, como o formigueiro e o gelado de coco, a outros um pouco mais autorais, como de canela com calda de damasco. O veículo, no entanto, não se resume a isso e leva também outros doces com gosto de infância, como guarda-chuva de chocolate (aqui feito com matéria-prima belga) e pavês. Tudo isso pode ser acompanhado de um delicioso café ou, para os mais nostálgicos, groselha.

Por trás do volante estão Claudia Daroncho, engenheira de formação, e Ariane Guimarães, administradora de empresas. Elas se conheceram em 2009 em um curso de confeitaria e panificação e, no ano seguinte, decidiram unir forças. Por anos alimentaram o sonho de abrir uma confeitaria, que nunca saiu do papel. “Percebemos que as despesas estariam acima do que pretendíamos. Como não queríamos desistir, o truck foi uma alternativa”, conta Claudia.

Bolo de canela com calda de damasco das Bamboleiras

Bolo de canela com calda de damasco do food truck Bamboleiras

Os doces são produzidos em uma cozinha no bairro da Casa Verde. “Os bolos são assados diariamente, e, dependendo do nosso horário de circulação, são finalizados no mesmo dia ou no fim do dia anterior”, diz. O veículo não sai da garagem todos os dias, mas, quando sai, Claudia afirma que tem feito sucesso. “Muitos se aproximam pelo fato do carro ser colorido e chamativo, outros querem saber quais são os sabores da infância de que falamos.”

Peguei o Bamboleiras em uma bela manhã de fim de semana. Os bolos, pequenos à primeira vista, têm um bom tamanho para saciar o desejo por doce. O de canela com calda de damasco (R$ 6) estava bastante fofo e com gosto bem leve da canela, enquanto a calda servia para dar uma molhadinha na massa sem interferir muito no sabor. Outra combinação deliciosa e bem equilibrada foi o de paçoca com recheio de doce de leite (R$ 10) – recheio muito cremoso e bolo macio e bastante doce. Dos clássicos, o gelado de coco (R$ 6) estava tão bom quanto as melhores lembranças da infância. Bem açucarado e calórico, mas vale cada mordida.

Bolo de paçoca com doce de leite do food truck Bamboleiras

Bolo de paçoca com doce de leite do food truck Bamboleiras debaixo do sol forte da manhã

A agenda das Bamboleiras pode ser conferida regularmente na página da dupla no Facebook ou no perfil no Instagram. Claudia e Ariane também fazem produtos para entrega em casa.

Bamboleiras
Site: www.bamboleiras.com.br
www.facebook.com/bamboleiras
Tel.: 2764-9070
Aceita todos os cartões (débito e crédito)
Anúncios

Casa de Bolos: simples, gostosos e baratos

Bolos simples, molhadinhos, daqueles com jeito caseiro e, acima de tudo, baratos. A Casa de Bolos nasceu como um negócio familiar e é assim que continua se apresentando, mesmo depois de se tornar uma franquia de sucesso. A loja é das mais básicas – um balcão cheio de bolos, uma estante de metal e uma atendente simpática – e aqui os bolos não querem ser gourmets, não prometem ingredientes especiais ou receitas exclusivas. Seu lema é “bolos caseiros feitos com carinho” e eles entregam o que prometem.

Bolo de laranja da Casa de Bolos

Bolo de laranja da Casa de Bolos

Fui a uma das 22 lojas já abertas em São Paulo. Entre os mais de vinte sabores, como chocolate, cenoura, fubá, mesclado, limão, maracujá, mandioca e milho, provei dois.

O primeiro, de laranja, tem raspas da frutas que acentuam o sabor, mas sem exagerar. Mais para o molhado que para o fofo, o bolo não é dos mais leves, mas no café da manhã ou da tarde é uma alegria.

O segundo que levei para casa foi o formigueiro. Por fora a aparência não era das melhores: escuro, parecia queimado. Mas não era nada disso, era só uma boa dose de chocolate mesmo. Por dentro o bolo estava ótimo, com bastante chocolate e macio como o de laranja.

Bolo formigueiro da Casa de Bolos

Bolo formigueiro da Casa de Bolos

A maior parte dos bolos têm um quilo e custam R$ 10. Alguns poucos saem por R$ 15.
Os bolos, diz a atendente, são feitos no dia e não possuem conservantes, mas ambos duraram cerca de quatro dias com a mesma qualidade.

Casa de Bolos
http://www.casadebolos.com.br