Arquivo da tag: brigadeiro

Benedito Brigadeiro Gourmet: quanto mais básico, melhor

Não é fácil ser uma brigaderia hoje em São Paulo. A competição é grande e o nível muitas vezes é tão equilibrado que fica difícil se destacar.

A Benedito Brigadeiro Gourmet já está no mercado de encomendas há algum tempo, lutando por seu espaço, mas foi só há cerca de dois meses que resolveu entrar de vez na briga e abriu um charmoso ponto na Vila Mariana. Reluzindo de tão novo, o espaço tem um balcão pequeno cheio de lindos brigadeiros e três mesas em um espaço diminuto. A decoração acolhedora é feita em tons de marrom e laranja e é marcada por uma parede repleta de quadrinhos com frases sobre chocolate e o tal doce em questão.

Brigadeiros de chocolate meio amargo, pistache e avelã da Benedito Brigadeiro Gourmet

Brigadeiros de chocolate meio amargo, pistache e avelã da Benedito Brigadeiro Gourmet

Provavelmente para se distinguir das demais, a Benedito não fica no básico e oferece como diferencial brigadeiros recheados. Os “brigamix” são brigadeiros com recheios cremosos, com o de leite ninho recheado de brigadeiro ao leite cremoso e o de avelã recheado de Nutella. O recheio é protegido por uma casquinha bem fina de chocolate e a combinação de sabores é muito boa, apesar de ser um exagero de açúcar. É quase – só quase – doce demais. Há ainda os “brigacakes”, brigadeiros recheados de pequenos pedaços de bolo. Cada um deles custa R$ 5,60.

Bolo de cenoura com brigadeiro de colher da Benedito Brigadeiro Gourmet

Bolo de cenoura com brigadeiro de colher da Benedito Brigadeiro Gourmet

A verdade, no entanto, é que a casa não precisava tentar inovar, pois é nos itens básicos que ela se sai melhor. Seus brigadeiros mais comuns estão acima da média, com cremosidade e sabor muito bons. Os melhores são o de colher ao leite e o meio amargo. Entre as outras opções estão pistache, castanha do pará, doce de leite, Kit Kat, Ovomaltine e algumas versões alcoólicas. Cada um sai por R$ 3,50.

Outro produto da casa que chama a atenção são seus bolos cobertos de brigadeiro de colher. Pedi o de cenoura para levar para casa e ele veio em uma caçarola pequenininha com uma camada de brigadeiro no fundo e outra por cima e granulados para finalizar. Estava bom, graças principalmente ao ótimo brigadeiro, mas o preço é salgado demais: R$ 25 para não mais do que 100 gramas. Não vale o que custa.

Decoração do pequeno mas acolhedor espaço da Benedito Brigadeiro

Decoração do pequeno mas acolhedor espaço da Benedito Brigadeiro

Benedito Brigadeiro Gourmet
Rua Leandro Dupret, 108 – Vila Mariana. Tel.: 5082-4142
http://beneditobrigadeiro.com.br
Anúncios

Bolo de brigadeiro tamanho família

O preço é salgado e o tamanho é um despropósito, mas eu resolvi que tinha que provar. Já faz algum tempo que tenho visto a brigaderia Le Chef Gatô ser recomendada aqui e ali, sempre com uma menção honrosa a esse grande desafio ao apetite e ao bom senso – o seu grande bolo de chocolate com cobertura e recheio de brigadeiro – e fui ficando curiosa. Então, em um dia ruim de uma semana péssima, resolvi que era hora. Entrei com coragem e pedi.

le chef gato - bolo de brigadeiro2

É um bolo de chocolate básico recheado com uma grossa camada de brigadeiro tradicional mais uma generosa cobertura do mesmo brigadeiro e, para finalizar, singelos granulados de chocolate. Cada pedaço tem cerca de 250 gramas. E, para mim, isso representa uma refeição completa.

A primeira impressão não foi das melhores. Por ficar já cortado na vitrine, o bolo estava um pouco seco nas bordas, mas, passando pelo exterior ressecado, a coisa começa a valer e pena. O brigadeiro é cremoso e saboroso e o bolo vai ficando mais molhadinho a cada garfada em direção ao miolo. Parece ser de propósito para você não conseguir parar de comer por mais satisfeito que esteja.

O pedaço custa R$ 27. Bem caro, sem dúvida, mas serve muito bem duas pessoas loucas por doce. Conselho: deixe para ir no dia em que der aquela vontade enorme de algo muito doce, com bastante chocolate, e leve um amigo junto. Se sobrar, é possível pedir para embrulhar para viagem o que restou no prato.

Brigadeiro tradicional da brigaderia Le Chef Gatô

Brigadeiro tradicional da brigaderia Le Chef Gatô

Além dele, o Le Chef Gatô oferece outros bolos com recheios como coco, brigadeiro com morango e brigadeiro de pistache, todos no mesmo tamanho desafiador e com preços na mesma faixa.

Os brigadeiros – esses no tamanho usual – custam R$ 3,50. São uma pedida mais adequada para dias comuns.

Le Chef Gatô
Loja Paraíso: R. Coronel Oscar Porto, 517. Tel.: 3881-6101
Mais três endereços
www.lechefgato.com.br

Melhor brigadeiro do ABC chega a São Paulo

Depois da tradicional Padaria Brasileira, mais uma marca do ABC Paulista está chegando a São Paulo para disputar o mercado de guloseimas da capital. O nome da vez é a brigaderia São Brigadeiros, original de São Caetano do Sul, que há cerca de quatro meses passou a vender seus bons doces em uma charmosa loja na Vila Mariana, próxima ao metrô Paraíso.

Brigadeiros da São Brigadeiros. Da esquerda para a direita, a partir do alto: Nutella, ao leite, Baileys, amargo e ao leite

Brigadeiros da São Brigadeiros: dois de Nutella, dois ao leite, Baileys e amargo

E, assim como a Brasileira, a São Brigadeiros não vem de mãos abanando; ela chega trazendo o título de melhor brigadeiro do ABC segundo o ranking Veja Comer e Beber 2014.

Os brigadeiros de diversos sabores são feitos em uma cozinha aparente e finalizados com capricho. Provei cinco deles e todos estavam cremosos e saborosos, com personalidade. As variedades mais comuns – amargo, ao leite e Nutella – não trazem surpresa, mas não decepcionam. O brigadeiro de pistache tem gosto bem definido e o de Baileys também diz a que veio, com bastante licor. Ainda entre os alcoólicos há o Black Label, com o uísque escocês.

Brigadeiros de Baileys, pistache e Black Label da São Brigadeiros

Brigadeiros de Baileys, pistache e Black Label da São Brigadeiros

Cada brigadeiro custa R$ 3,50 e a caixa com nove saiu por R$ 32.

Na loja, pequena mas com espaço suficiente para algumas mesas, ainda há bolos de cenoura e chocolate com cobertura de brigadeiro, brigadeiro de colher e macarons.

São Brigadeiros
Rua Cubatão, 273, Vila Mariana. Tel.: 3051-8329
http://www.saobrigadeiros.com.br

Moscatel: Bar de Açúcar no coração do Bixiga

Ah, uma doceria que não parece feita para bonecas! Em meio a uma onda de casas cor de rosa, demasiadamente mulherzinha, Moscatel é um alívio em marrom e madeira.

Brigadeiro, bolo de fubá com goiabada e espresso na doceria Moscatel

Brigadeiro, bolo de fubá com goiabada e espresso na doceria Moscatel

Com a proposta de unir doces, vinhos e outras bebidas alcoólicas, a Moscatel Doceria & Bar de Açúcar foi aberta no início do ano na rua 13 de Maio, bem no coração do Bixiga, entre cantinas e construções degradadas. Ocupa um sobrado totalmente reformado com exterior pintado de vinho e interior decorado de forma sóbria em tons de marrom. Para se acomodar, há abrigo para todos os gostos: confortáveis sofás para casais ou grupos pequenos, balcões com banquetas altas para um cafezinho rápido e mesas grandes para reuniões mais numerosas e demoradas, essas localizadas no amplo e aconchegante salão ao fundo.

Entre os doces, há bolos diversos, dos simples como o de cenoura com cobertura de chocolate e formigueiro aos recheados como o Veludo Vermelho e o Perdição de Chocolate, esse com várias camadas. Provei uma fatia de fubá cortada por um fino recheio de goiabada, básico e honesto (R$ 4).

Para quem quiser algo com mais cara de sobremesa, pode escolher uma torta. As de limão e iogurte com frutas vermelhas são montadas na hora. Provei a segunda (R$6). Linda, é coberta por um creme bem suave que se equilibra com a acidez da calda de frutas.

Torta de iogurte e frutas vermelhas da doceria Moscatel

Torta de iogurte e frutas vermelhas da doceria Moscatel

Já se a passagem pelo Moscatel for após um almoço farto nos restaurantes vizinhos e não tiver sobrado muito espaço no estômago, a pedida é o pequeno brigadeiro com sabor forte de chocolate (R$ 3).

Saí de lá com vontade de provar também a torta de brigadeiro (R$ 8), os brownies e o chocolate quente branco (R$ 8). O espresso bem tirado (R$ 3,50) pode ser acompanhado de pequenos quitutes à escolha do cliente.

O cardápio tem ainda uma seção de coquetéis sem álcool, como o que leva o nome da casa e é feito com suco de uva branca, limão e H20 Citrus, delicioso e bastante refrescante (R$ 8).

Coquetel que leva o nome da doceria Moscatel

Coquetel que leva o nome da doceria Moscatel

Na saída, ao lado do caixa, bolos retangulares de tamanho médio (R$ 15) e cookies (R$2) para levar para casa promovem a tentação final e te fazem sair já com vontade de voltar.

Moscatel Doceria & Bar de Açúcar
Rua 13 de Maio, 655, Bela Vista. Tel.: 3853-0954
https://www.facebook.com/moscateldoceria

Padaria Brasileira: bons clássicos no lugar certo

A Padaria Brasileira, que existe há mais de 60 anos no ABC Paulista, é uma novidade para os paulistanos. Naquele pedaço da Grande São Paulo, ela tem uma sólida tradição em bons doces e salgados, mas permanecia, até agora, fora do radar da capital.

Bomba de gianduia da Padaria Brasileira, na rua Augusta

Bomba de gianduia da Padaria Brasileira, na rua Augusta

Quem resolveu mudar essa história foi – quem diria? – o apresentador Gugu Liberato. Em um movimento muito esperto, Gugu abraçou um ponto na rua Augusta, quase na esquina com a av. Paulista, e levou para lá uma filial da Brasileira em um espaço bonito e aconchegante, com dois andares, e colocou quase de cara para a rua o seu balcão de quitutes.

A casa é mais famosa pelos salgados, em especial pela coxinha (R$ 4,90). Sim, ela é incrível e com certeza vai brigar por uma posição entre as melhores da cidade, mas não é disso que falamos aqui. Então sigamos adiante.

No quesito doces, a Brasileira é uma boa padaria, com clássicos das casas do gênero, como sonhos, rosquinhas de leite, tiras de bolo e pavês no potinho. Nisso tudo ela agrada, sem ser sensacional.

Brigadeiro de Ovomaltine da Padaria Brasileira

Brigadeiro de Ovomaltine da Padaria Brasileira

Nessa nova unidade paulistana, provei uma tira de bolo de nozes (R$ 9,20) que estava bem molhadinha e com sabor destacado. O brigadeiro de Ovomaltine (R$ 4,50) – que não chega a ser gourmet – estava um pouco mais duro do que eu esperava, mas tinha o gosto bom do achocolatado. Além dele, havia o brigadeiro tradicional, de gianduia e de pistache, além do beijinho (também R$ 4,50 cada).

O melhor doce que provei lá foi a bomba de gianduia (R$ 6,80). Com massa fininha simples, tem uma cobertura densa bem, bem doce e um recheio mais controlado no açúcar e mais cremoso, mas também bastante saboroso. Grande demais para ser devorada sozinha, vale dividir.

O que não me convenceu foi o sonho, que é um dos ícones das casas no ABC. Pequeno, ele tem massa sequinha e é polvilhado com canela além do açúcar tradicional, mas quase não tem recheio. E, para mim, sonho sem fartura de recheio não é sonho. Sai por R$ 0,95 cada.

Tira de nozes da Padaria Brasileira

Tira de nozes da Padaria Brasileira

Levei para casa mais dois clássicos: rosquinhas de leite (R$ 31 o quilo) e croissants de chocolate (R$ 49 o quilo, R$ 2,55 duas unidades), tudo bem honesto. Não vão ficar – ao contrário das coxinhas – entre os melhores que você já provou, mas para uma boquinha antes do cinema ou a caminho de casa depois do trabalho é uma boa pedida.

Por enquanto, a padaria fecha às 22h20, mas um funcionário informou que eles devem passar a funcionar por 24h em breve. A conferir.

ATUALIZAÇÃO – Julho/2014: Voltei algumas vezes na padaria desde a publicação desse post e o que parecia um começo promissor se tornou uma decepção. O serviço foi piorando a cada visita, tornando-se extremamente lento e com funcionários cada vez mais desinteressados e mal humorados. Além disso, a qualidade dos produtos também foi decaindo. Na última visita, pedi dois bolos e ambos estavam velhos e ressecados, com etiqueta do dia anterior.

Padaria Brasileira Augusta
Rua Augusta, 1592. Tel.: 3262-2207
http://www.padariabrasileira.com.br